A complexidade do pensamento matemático e a qualidade das aprendizagens: a procura de um modelo de análise

António Domingos, Fernando Santos

Research output: Contribution to conferencePaper

Abstract

A forma como os alunos respondem às questões colocadas é um
instrumento importante para analisar a complexidade do seu pensamento
matemático. Propomos um modelo de análise utilizando como
enquadramento
teórico as teorias de David Tall sobre a complexidade do
pensamento matemático envolvendo as noções de proceito e bifurcação
proceptual e a taxonomia SOLO de Biggs e Collis, e como instrumento a
utilização da Teoria da Atividade, segundo Engeström, mostra
ndo como
esta permite descrever a análise/avaliação das respostas produzidas pelos
alunos de formação inicial de professores (Licenciatura em Educação
Básica), a uma questão de Cálculo da Probabilidade, evidenciando os
diferentes níveis de complexidade do
pensamento matemático envolvidos
nas suas respostas (três), todas corretas, e a qualidade das suas
aprendizagens
.
Original languagePortuguese
Number of pages16
Publication statusPublished - 2015

Cite this