A antropologia em Portugal e o englobamento da cultura popular

Research output: Contribution to journalArticle

11 Downloads (Pure)

Abstract

Este artigo explora alguns aspectos do desenvolvimento do campo de estudos da cultura popular em Portugal. Usa como contraponto o caso brasileiro, onde essa tradição se desenvolveu no quadro disciplinar do folclore, pensado como distinto da antropologia. Em Portugal, embora essa tradição tenha começado por ter um recorte substancialmente folclorista, no sentido em que privilegiava o estudo da literatura e das tradições populares, expandiu-se depois a outros domínios, como a arte popular, a cultura material ou organização social das comunidades camponesas. Tal processo foi acompanhado por uma definição sucessivamente mais abrangente do campo de estudos da cultura popular como pertencente à etnografia, à etnologia e à antropologia cultural. Assim definido, esse campo de estudos foi não só importante no processo de institucionalização da antropologia em Portugal, por intermédio da universidade e do museu, como repercutiu também em desenvolvimentos mais recentes da antropologia portuguesa.
Original languagePortuguese
Pages (from-to)293-319
Number of pages26
JournalSociologia e Antropologia
Volume6
Issue number2
DOIs
Publication statusPublished - 2016

Keywords

  • História da Antropologia
  • Cultura popular
  • Folclore
  • Portugal
  • Jorge Dias

Cite this