A análise da fragmentação da paisagem agrícola na área metropolitana do Porto no quadro da coesão territorial

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

Abstract

Neste artigo efetua-se uma análise da fragmentação da paisagem agrícola na Área Metropolitana do Porto (AMP) com o objetivo de avaliar o comportamento espacial dos usos do solo e, ao identificar os potenciais riscos e características desse comportamento, contribuir para a definição de orientações de planeamento territorial e de medidas de mitigação desses mesmos processos. Pelo papel que as áreas rurais desempenham na AMP (cerca de 21.45%), admite-se que o restabelecimento, valorização e/ou recriação dessas funcionalidades podem desempenhar um papel importante para a coesão territorial. Para a avaliação dos processos de fragmentação foram identificados quatro métricas de paisagem, definindo-se uma escala de fragmentação que permitiu identificar quais as parcelas de produção agrícola sujeitas aos maiores processos de fragmentação. Os resultados obtidos permitem evidenciar o modo como a paisagem deve ser gerida nos territórios, de forma a contrariar a tendência de fragmentação.
Original languageUnknown
Title of host publicationIX Congresso da Geografia Portuguesa
EditorsTeresa Pinto Correia, Virgínia Henriques E Rui Pedro Julião
Place of PublicationLisboa
PublisherAssociação Portuguesa de Geografos
Pages1-6
ISBN (Print)978-972-99436-6-9
Publication statusPublished - 1 Jan 2013

Publication series

NameGeografia: Espaço, Natureza, Sociedade e Ciência
PublisherAssociação Portuguesa de Geografos

Cite this

Silva, C. M. P. P. D. (2013). A análise da fragmentação da paisagem agrícola na área metropolitana do Porto no quadro da coesão territorial. In T. P. Correia, & V. H. E. R. P. Julião (Eds.), IX Congresso da Geografia Portuguesa (pp. 1-6). (Geografia: Espaço, Natureza, Sociedade e Ciência). Associação Portuguesa de Geografos. https://drive.google.com/file/d/0B28AoluOJxFNbV9Dd3VHUERkcjQ/edit?usp=sharing