É possível conceber um futuro pós-neoliberal?

Research output: Chapter in Book/Report/Conference proceedingChapter

24 Downloads (Pure)

Abstract

Como é bem sabido, nos anos 30 do século XX, o pensamento capitalista começou a desenvolver novas possibilidades de resolver as “crises” intrínsecas ao seu sistema. Uma dessas possibilidades foi a neoliberal, hoje dominante. Trata-se de uma forma inédita de concentração do capital, cuja modalidade mais recente impôs a “austeridade” e a ideologia culpabilizante da “dívida” a partir de entidades superiores aos estados, para, basicamente, extorquir às populações os seus rendimentos, concentrando os benefícios numa minoria. Como imaginar uma solução para tão sistémico e globalizado problema? Não existe “uma” solução; essa inexistência é precisamente uma das características deste fenómeno: o fechamento do horizonte das alternativas. A “democracia” é hoje, onde é praticada, e basicamente, um modelo de gestão corrente, sobrevoado a um nível global por uma ideologia que é anti-comunitária. Mas existe ainda a possibilidade de pensar, de dialogar, e de criar momentos e ocasiões de contra-hegemonia, tentando recuperar a ideia do que seria uma sociedade voltada para o bem comum, em vez do lucro individual.
Original languagePortuguese
Title of host publicationO Pensamento, Hoje, Ainda tem Efeitos Práticos?
Subtitle of host publicationAinda Podemos Pensar A Democracia Como Algo Ao Nosso Alcance?
EditorsVítor Jorge
Place of PublicationLisboa
PublisherIHC-Instituto de História Contemporânea
Pages161-175
Number of pages15
ISBN (Print)978-989-98388-5-7
Publication statusPublished - 2018

Keywords

  • pensamento crítico
  • neoliberalismo;
  • pós-neoliberalismo

Cite this