Sereias no claustro. as freiras musicistas em Portugal e no Brasil dos séculos XVIII e XIX segundo o olhar dos viajantes estrangeiros

Brescia, R. M. (Speaker)

Activity: Talk or presentationOral presentation

Description

Convento de Santa Clara do Desterra de Salvador da Bahia. Tais relatos evidenciam o fascínio exercido pelo talento celestial das monjas a ouvidos mundanos. Ruders escreve que durante a Semana Santa de 1799 no Convento de Santa Joana de Lisboa ele só pode ver as freiras velhas e feias através das grades porque as jovens e belas eram escondidas para não atrapalhar a solenidade da celebração. O mesmo viajante diz que em outra ocasião tentou cumprimentar uma freira após a execução de duas belas e difíceis sonatas ao órgão tendo sido proibido pela madre superiora uma vez que a organista era demasiado jovem. A dualidade provocada pela atração exercida pelas freiras musicistas aparece em muitos dos relatos estrangeiros: de um lado, as vozes angelicais a serviço do culto divino, de outro, o encantamento sedutor de mulheres inacessíveis, cujo canto deveria ser o único meio de comunicação com o mundo externo. A presente comunicação propõe uma abordagem do papel das freiras musicistas - mecenas, intérpretes e difusoras de um singular legado artístico -, à luz dos relatos dos viajantes estrangeiros que visitaram Portugal e Brasil nos séculos XVIII e XIX.
Period9 Nov 2018
Event titleENIM 2018: VIII Encontro Nacional de Investigação em Música
Event typeConference
LocationPorto, Portugal
Degree of RecognitionNational