O processo de construção referencial do objeto de discurso “Covid-19” no Facebook

Activity: Talk or presentationOral presentation

Description

Este trabalho busca investigar a influência do agrupamento de gêneros que circulam na mídia Facebook na construção referencial do objeto de discurso “Covid-19”. Este estudo se vincula à perspectiva da Linguística Textual praticada no Brasil e tem como base pesquisas recentes no âmbito da referenciação (CAVALCANTE, 2011, CUSTÓDIO-FILHO, 2011; CAVALCANTE & BRITO, 2016; MATOS, 2018). Por meio de uma abordagem qualitativa, realizouse uma análise de como o referente “Covid-19” foi introduzido e retomado no compósito de gêneros apresentado na página do Facebook do jornal O Povo, em publicação de 17 de dezembro de 2020, sobre pronunciamento do presidente brasileiro Jair Bolsonaro quanto ao coronavírus. Nesta comunicação, buscamos mostrar que o referente “COVID-19” é introduzido e retomado, num processo de re(elaboração) complexo, que se dá num jogo de mudança e progressão referencial percebido tanto na postagem inicial feita pelo jornal quanto nos comentários e nas reações presentes em diferentes textos do compósito de gêneros presente nesse ambiente digital on-line. Recategorizado pelos termos “gripezinha” e “resfriadinho”, o referente “Covid-19” passa a orientar os interlocutores para um sentido contrário ao que se vinha construindo pelo jornal. A partir da análise do corpus, percebemos como o processo de recategorização do referente “coronavírus” mantém relações com a re(elaboração) do referente Bolsonaro, o que nos leva a perceber a importância de se analisar os referentes em rede dentro de um compósito de gêneros. O uso de expressões nominais contribuiu para que o referente “Covid-19” mudasse de estatuto, passando a ter um sentido mais brando, de doença com efeitos inofensivos. Observou-se ainda que os referentes, como defende Matos (2018), atuam numa rede referencial, que pode, no exemplo analisado, ser percebida pelas inúmeras formas como o referente “Bolsonaro” é retomado no compósito/agrupamento de gêneros da página do Facebook. Além disso, observamos que o número significativo de reações a alguns comentários pode demonstrar consentimento em relação à forma como o referente é recategorizado pelos interlocutores. Com este trabalho, esperamos contribuir para a ampliação dos estudos em torno da referenciação em ambientes digitais on-line.
Period18 Nov 2021
Event title7th International Conference on Grammar & Text
Event typeConference
LocationPortugal
Degree of RecognitionInternational

Keywords

  • Linguística textual
  • Recategorização
  • Facebook
  • Ambientes digitais online