Nos limites da consciência: força e afecto ou desejo e sentido?

Proença, N. M. B. C. (Invited speaker), Carlos Roberto de Castro e Silva (Invited speaker)

Activity: Talk or presentationInvited talk

Description

Conferência apresentada no Seminário Quebrar Fronteiras, a convite de Adelino Cardoso. O intuito desta conferência foi a de dar conhecer aspectos do debate entre Paul Ricœur e Michel Henry acerca da noção de inconsciente tal como ela se apresenta nos escritos de Freud. Às teses de Ricœur, presentes em De l'interprétation, Henry opõe uma série de argumentos que deslocam a relação entre desejo e sentido - que passa pela palavra, a interpretação e o reconhecimento de um sujeito por um outro sujeito - para a relação entre força e afectividade, subordinando a expressão verbal à qualidade afectiva da relação tácida e não mediatizada que existe entre subjectividades. A aproximação hermenêutica da psicanálise confronta-se assim, neste debate cujas implicações vão para além do campo clínico, com uma concepção de um inconsciente formador das formas do viver que essencialmente se furta a qualquer representação. A conferência foi seguida de um debate com os presentes e em particular com o outro orador convidado para esta sessão, Carlos Roberto de Castro e Silva, do Departamento de Politicas Públicas e Saúde Coletiva da Universidade Federal de São Paulo- Baixada Santista e Fernanda Henriques, da Universidade de Évora.
Period13 Jul 2018
Held atCHAM - Centro de Humanidades
Degree of RecognitionInternational

Keywords

  • Affectivity
  • Desire
  • Subjectivity
  • Recognition
  • Selfhood
  • Auto-affection