João Romano Torres e C.ia: hermenêutica social de uma editora [João Romano Torres e C.ia: Social Hermeneutics of a Publishing House]

Medeiros, N. (Speaker)

Activity: Talk or presentationOral presentation

Description

Nesta comunicação interrogam-se os modos como se pode entender a acção editorial a partir do estudo de um caso: a editora portuguesa Romano Torres, sobretudo nos seus primeiros anos de actividade, desde a Empresa Editora "O Recreio" (fundada em 1885/86) até à fundação da João Romano Torres & C.ª (fundada em 1907). Um dos aspectos essenciais relativos ao entendimento global da acção de uma editora relaciona-se com a possibilidade de interpretar o seu papel como agente integrante e interveniente na dinâmica cultural dos contextos sócio-históricos em que actua. Importa, por isso, analisar e compreender os mecanismos subjacentes a essa intervenção e que traduzem as dimensões pelas quais ela se opera, como sejam a dimensão prescritiva e mediadora do editor, a dimensão de inserção num mercado (frequentemente estruturado e imaginado pelos actores do campo editorial), ou ainda a dimensão da relação com outros actores sociais do universo do livro (dentro e fora de um determinado espaço nacional). Desse modo, uma das propostas de desenvolvimento de pesquisa em torno da actividade editorial da casa Romano Torres – uma editora essencial para se conhecer a história do livro publicado em língua portuguesa, cuja génese se encontra em 1885 –, e das formas como funcionou internamente, consiste justamente em construir uma observação hermenêutica das modalidades variadas com que a editora procurou interpelar os leitores e suscitar géneros e temas de consumo leitural, constituindo um mercado e alargando-o se possível, ao mesmo tempo que procurou edificar cânones tipográficos (literários ou não, de timbre considerado popular ou enciclopédico), ou participar nessa edificação, imaginando o livro e inventando-o, se fosse caso disso. Por outro lado, a reflexão em torno do estudo da acção editorial da Romano Torres nos seus anos iniciais constitui uma oportunidade para o esclarecimento de processos ligados à elaboração do objecto impresso e à sua circulação, nomeadamente através da abordagem das redes de relacionamentos dentro e fora da editora com tradutores, autores, capistas, ilustradores, livreiros e outros membros da fileira de produção e venda do livro bem como com estruturas institucionais públicas e privadas, nacionais e internacionais, ligadas ao livro.
Period22 Aug 2012
Event titleEscola São Paulo de Estudos Avançados em Globalização da Cultura no Século XIX: null
Event typeOther
LocationCampinas, Brazil
Degree of RecognitionInternational