Evidências de um espaço funerário: o adro da Igreja de Santa Maria do Castelo (Castelo Branco, Portugal)

Boavida, C. (Speaker)

Activity: Talk or presentationOral presentation

Description

Durante os trabalhos arqueológicos ocorridos, entre 1979 e 1984, no adro da Igreja de Santa Maria do Castelo, localizado no interior da alcáçova albicastrense, foram identificados diversos vestígios da necrópole associada àquele templo.
Embora existam referências documentais relativas à utilização daquele espaço desde o século XIII, são escassos os elementos materiais relativos à sua utilização como necrópole numa época tão recuada, visto que a maioria dos artefactos encontrados são datados de alguns séculos mais tarde. Além de diversos numismas, que no âmbito das escavações foram identificados em associação com as sepulturas, foram também recolhidos diversos elementos de carácter religioso, como sejam contas, cruzes e medalhas de terços e/ou rosários, assim como alfinetes de sudário e pregos de caixões.
Foram ainda recuperadas, fora do seu contexto original, várias estelas funerárias que identificariam algumas das sepulturas que se encontravam no adro da igreja. Trata-se um conjunto constituído por cerca de uma dezena de estelas produzidas em granito e que, na sua maioria, mostram motivos decorativos em ambas as faces.
Pretende-se, com o presente estudo, analisar estes artefactos, que apesar de analisados no âmbito da dissertação de mestrado do signatário, se encontram em parte inéditos, tendo os restantes, entretanto, sido alvo de publicação.
Period29 Apr 2017
Held atMuseu Arqueológico Municipal José Monteiro, Portugal
Degree of RecognitionRegional