Cantamos à espanhola e também à alentejana

Simões, M. D. (Invited speaker)

Activity: Talk or presentationInvited talk

Description

Na moda “Barrancos és minha terra”, da autoria de Manuel Torrado Marcelo “Chicuelo” (Barrancos, 1936), encontramos sentimentos de pertença que nos situam num lugar atravessado por influências culturais de ambos os lados da fronteira. A diversidade cultural encontra-se igualmente na língua barranquenha e em múltiplos aspetos dos rituais festivos, que mesclam repertórios musicais estremenhos e andaluzes com cantares alentejanos. A combinação de todos estes elementos é fundamental à consolidação dos referentes identitários locais, vinculadas a passados comuns, ritualizados e convivenciais. O objetivo da minha participação é questionar os processos de construção de imaginários musicais de matriz rural a partir da multiplicidade de relações sociais e políticas inerentes à hierarquização e domínio dos saberes, e às características da sua organização no tempo e no espaço. A análise centra-se nos contextos históricos de emergência dos grupos corais alentejanos, a partir das memórias e das práticas daqueles que os experienciaram. O reconhecimento dos processos de criação e participação coletiva permitem construir a história de homens e mulheres que contribuíram e contribuem para a continuidade do Cante Alentejano como arma carregada de futuro.
Period21 Feb 2021
Held atCâmara Municipal de Barrancos, Portugal
Degree of RecognitionNational